Educação · Matérias · Projetos · Santa Isabel

Voluntários criam projeto educacional em Santa Isabel

Jovens de Santa Isabel auxiliam alunos a ingressarem no ensino superior

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

* Amanda Stabile e Beatriz Penalva

Pela primeira vez em 184 anos de história, Santa Isabel, na região metropolitana de São Paulo, é contemplada por um curso pré-vestibular gratuito apoiado pela Escola Técnica de Santa Isabel.

As aulas são ministradas na instituição aos finais de semana desde o dia 23 de Julho. “Não é porque estamos numa cidade de certa forma pequena que não temos uma perspectiva de crescimento”, diz Gisele Adriana, diretora da ETEC.

Desenvolvido por jovens universitários habitantes da cidade, o projeto nomeado de Quebrando a Utopia, visa levar o conhecimento à população para que mais jovens tenham a chance de conseguir vagas gratuitas em boas universidades.

O nome do projeto é justificado por seus idealizadores como uma contradição a imagem de que o ensino superior é inalcançável. “A ideia é quebrar esse estigma. A universidade é sim para todos, desde que se esforcem para entrar”, argumentam Micael, 20, e Diórgenes, 21, idealizadores do projeto.

A equipe conta com sete professores voluntários: Aline Almeida, 18, Daiana Teixeira, 18, Diórgenes Caetité, Giovana Castilho, 18, Guilherme Machado, 19, Micael Matos e Ricardo Oliveira, 39. Alguns deles antigos estudantes da ETEC local, outros ex-alunos de escolas estaduais, cuja maioria ingressou no ensino superior através de bolsas de estudos.

Ao serem questionados sobre o motivo que os levou a aderirem ao voluntariado, responderam: “Gosto de ajudar as pessoas e essa era uma boa oportunidade”, articula Aline. “Estamos conduzindo-os por um caminho que será muito bem trilhado, é isso que me faz ter motivação para acordar cedo aos finais de semana: ajudar os demais”, complementa Giovana.

O projeto tem impactado a cidade. Tanto para aqueles que estão terminando o ensino médio, quanto para quem já terminou, o novo cursinho é de grande valia na realização de seus sonhos. “Achei excelente! Minhas expectativas estão muito boas em relação ao vestibular”, expõe Lucas Chaves, 21. “Estou confiante, com certeza eu indicarei o cursinho para outras pessoas”, diz Pamela Satiko, 17, ambos alunos do projeto Quebrando a Utopia.

Para a diretora Gisele, a iniciativa de criação do cursinho gratuito, foi uma atitude extremamente altruísta dos jovens e deixa uma mensagem de esperança: “Minha expectativa é que todos os alunos ou que grande parte deles consiga atingir os seus sonhos e objetivos porque é possível, depende dos sonhos deles, se eles acreditarem, eles vão conseguir”.

* originalmente redigido em 09/2016

Um comentário em “Voluntários criam projeto educacional em Santa Isabel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s