África · Ciência · Críticas de filmes · Inglaterra · Resenhas · Resenhas Filmes · Sem categoria

O menino que descobriu o vento: crítica ao governo, às desigualdades sociais e até à democracia

Filme mostra como um menino pobremente educado conseguiu fazer o que o governo não quis: salvar uma aldeia Há poucas semanas, a Netflix disponibilizou em sua plataforma o filme ‘O menino que descobriu o vento’ [originalmente The boy who harnessed the wind). A produção britânica, é o primeiro filme dirigido por Chiwetel Ejiofor - ator… Continuar lendo O menino que descobriu o vento: crítica ao governo, às desigualdades sociais e até à democracia

Cinema · Críticas de Cinema · Resenhas · Resenhas Filmes

“Seria mais humano se os metralhassem” – Crítica: Uma noite de 12 anos (2018)

Na última semana, fui assistir ao filme Uma noite de 12 anos, no espaço Itaú Cultural, no Shopping Frei Caneca. A obra foi dirigida pelo uruguaio Álvaro Brechner – responsável por filmes premiados como Mal día para pescar (2009) e o Mr. Kaplan (2014), ambos também com cunho social – e lançada mundialmente no dia 1º de setembro.… Continuar lendo “Seria mais humano se os metralhassem” – Crítica: Uma noite de 12 anos (2018)

Críticas de filmes · Filmes · Resenhas · Resenhas Filmes · Tomas Licame

Carros e a crítica aos papeis sociais – Resenha: Carros 3 (2017)

Escrito ao som de: Titanomaquia - Titãs * Tomas Licame Quando sentamos para ver um filme seja no cinema ou em casa, esperamos uma estória que nos leve a um lugar distante da realidade. Esse desejo é muito comum quanto a filmes de animação, mas hoje lhes trago uma trama que reflete a nossa sociedade… Continuar lendo Carros e a crítica aos papeis sociais – Resenha: Carros 3 (2017)

Amanda Oliveira · Críticas de Cinema · EUA · Resenhas · Resenhas Filmes

As Diferentes Formas de Amor – Resenha: A Forma da Água (2017)

* Por Amanda Oliveira Neste filme, somos novamente absorvidos para o mundo fabuloso de Guillermo del Toro. Já tendo alguns filmes de fantasia no currículo, como O Labirinto do Fauno (2006) e Hellboy (2004), em A Forma da Água, o diretor apresenta uma evolução na forma de contar uma fábula, onde a criatura se apaixona… Continuar lendo As Diferentes Formas de Amor – Resenha: A Forma da Água (2017)

EUA · Jornalismo · Resenhas · Resenhas Filmes · Suécia

Jornalismo investigativo, feminicídio e massacre feminino – Resenha: Millenium: Os homens que não amavam as mulheres (filme, 2011)

https://www.youtube.com/watch?v=u2bH1c-R7Fg Millenium reforça e enaltece o jornalismo investigativo, tendo como personagem principal um repórter. Ele resolve um caso enterrado a décadas, com o super auxílio de uma assistente, que junto com cada descoberta traz à tona acontecimentos horríveis do passado. Preciso confessar que este é um dos únicos filmes que eu já assisti que me… Continuar lendo Jornalismo investigativo, feminicídio e massacre feminino – Resenha: Millenium: Os homens que não amavam as mulheres (filme, 2011)

EUA · Resenhas · Resenhas Filmes

Uma doce e ingênua alpinista social – Resenha Bonequinha de Luxo (1961)

  https://www.youtube.com/watch?v=yrfYQDwC_I8 Acredito que a maioria de nós já ouviu falar sobre o filme Bonequinha de Luxo, estrelado por Audrey Hepburn. Holly Golightly é uma personagem icônica, tanto como inspiração para a moda retrô, quanto referência para os amantes do cinema clássico. Assisti esse filme pela primeira vez neste mês de dezembro sem ler nenhum… Continuar lendo Uma doce e ingênua alpinista social – Resenha Bonequinha de Luxo (1961)

França · Resenhas · Resenhas Filmes

Resenha O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001)

O Fabuloso Destino de Amelie Poulain (originalmente Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain) é um filme francês, lançado em 2001, dirigido por Jean-Pierre Jeunet, responsável por filmes como A Cidade das Crianças Perdidas (1995) e Um Longo Domingo de Noivado (2004). O longa ganhou diversas premiações, como o Prêmio César, da Academia das Artes do Cinema… Continuar lendo Resenha O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001)

Brasil · Resenhas · Resenhas Filmes

Aquarius: metáfora da situação política brasileira? – Resenha Aquarius (2016)

O filme Aquarius, estrelado por Sônia Braga, a eterna Dona Flor e dirigido por Kleber Mendonça Filho, diretor de filmes premiados como Recife frio (2009) e O som ao redor (2012), estreou nos cinemas brasileiros no dia 1º de setembro de 2016. O longa foi envolto por polêmicas, como sua classificação indicativa. A princípio o… Continuar lendo Aquarius: metáfora da situação política brasileira? – Resenha Aquarius (2016)

Brasil · Críticas de Cinema · Ednilson Toledo · Resenhas · Resenhas Filmes

“A crítica à sociedade machista é a cereja do bolo” – Resenha: Como nossos pais (2017)

* Ednilson Toledo Resenha: Como Nosso Pais (2017) Direção: Laís Bodanzky. Creio não ter sido coincidência que os três últimos filmes que mais me tocaram (Que horas ela volta, Aquarius e Como nossos pais) sejam protagonizados por personagens femininas fortes: Val (Regina Casé), Clara (Sonia Braga) e Rosa (Maria Ribeiro), consecutivamente. Além disso, dois deles… Continuar lendo “A crítica à sociedade machista é a cereja do bolo” – Resenha: Como nossos pais (2017)